The Nobel Collection e outras iniciativas de divulgação científica por pesquisadores para o público escolar

Shares

Existem algumas iniciativas de divulgação do conhecimento científico que buscam aproximar cientistas do público geral. Uma das mais famosas é a Scientific American, que desde 1845, publica textos sobre estudos científicos – muitos deles escritos pelos próprios responsáveis pelas pesquisas apresentadas pela revista.

No Brasil, temos o Instituto Ciência Hoje que publica as revistas de divulgação científica “Ciência Hoje ” e a “Ciência Hoje das Crianças ” (uma das revistas de divulgação científica em língua portuguesa mais interessantes que já li). As duas publicações trazem textos preparados por pesquisadores, que apresentam e discutem estudos, descobertas e contextos em que os resultados podem ter para a ciência e a sociedade.

Outras iniciativas brasileiras de divulgação científica promovida por instituições ligadas à ciência com a publicação de textos de pesquisadores — não necessariamente o público jovem — são: Revista Pesquisa Fapesp e o Instituto Questão de Ciência .

Agora, imagine conseguir reunir textos elaborados por ganhadores do Prêmio Nobel direcionados para crianças e adolescentes? Tudo isso está disponível no “The Nobel Collection ”, iniciativa da Frontiers for Young Minds, uma revista científica que publica artigos de acesso aberto voltados para o público entre 8 e 15 anos de idade. Aliás, a Frontiers for Young Minds também publica artigos científicos revisados por pares com a idade do público-alvo da publicação. Em outras palavras: a revisão dos artigos submetidos para a revista é feita por crianças e adolescentes. Tudo para, de acordo com a revista, garantir que os artigos científicos publicados tenham a linguagem compreensível para os leitores e permitir que os revisores vivenciem o processo de aceite e peer-review que é comum em publicações científicas sérias.

Os artigos escritos pelos ganhadores do Nobel são multidisciplinares e permitem introduzir e aprofundar discussões sobre diversos tópicos entre as áreas do conhecimento que abrangem cada premiação. Você pode acessar integralmente os conteúdos no site do The Nobel Collection . Todos os textos estão publicados em inglês — mas o Google Tradutor é seu amigo.  

Em tempo: uma iniciativa relativamente parecida com a proposta do Frontiers for Young Minds é o periódico Scientia Prima, publicado pela Associação Brasileira de Incentivo à Ciência — ABRIC — com artigos produzidos no âmbito da educação básica, envolvendo (ou não) atividades de iniciação científica. A diferença aqui é que os artigos são de autoria de alunos, mas a revisão é feita por profissionais formados nas áreas de abrangência das pesquisas submetidas para a publicação. Mais detalhes sobre a Scientia Prima podem ser obtidos neste site .

. . . . .

Para saber mais:

. . . . .

Shares

Mais do ccult.org

Eu queria que isso fosse uma brincadeira, Sr. Feynman!

Richard Philips Feynman (1918 – 1988) foi um dos maiores físicos americanos da história . Participou ativamente do Projeto Manhattan …

A Santa Tracker (ou como é rápido o Papai Noel!)

No século XX, a humanidade testemunhou avanços científicos e tecnológicos que mudaram definitivamente a forma como a nossa civilização interage, …

CCULT LIVROS #1: “Aulas de Marie Curie”

Marie Skłodowska-Curie (1867-1934) é uma das cientistas mais conhecidas de todos os tempos. Sua história pessoal é suficientemente rica para …

E se buscássemos as perguntas?

Faz algum tempo que Randall Munroe anunciou um novo volume do fabuloso “E se? Respostas científicas para perguntas absurdas” (Companhia …

Cesta Científica #8: genoma e ciência eurocentrada, ética em pesquisa com medicamentos e Malba Tahan em sala de aula

Esta é a versão web da Cesta Científica #8. Receba diretamente em seu e-mail se cadastrando aqui. Olá! Esta é …

A praga das notícias falsas como sinal de nossa crise no ensino de ciências

Quando a Wikipédia começou a se popularizar no inicio do século, uma estranha sensação que misturava a esperança do conhecimento …