Editoras de periódicos da área médica adotam temporariamente o acesso aberto por causa da pandemia de covid-19

Shares

Submeter os resultados de uma pesquisa científica em qualquer área do conhecimento não é uma tarefa simples. Além de todo o trabalho com a pesquisa em si, para que ela seja conhecida por outras pessoas, é preciso submetê-la a um periódico científico. Basicamente, um periódico  é uma revista temática relativa a um ou mais temas dentro de um campo do conhecimento científico. São nesses periódicos que os cientistas conhecem os resultados das pesquisas, novas abordagens para questões conceituais e teóricas, entre outras.

Só que o acesso a esse material, em geral, não é gratuito. Sim, você deve pagar para acessar alguns desses textos – chamados de artigos científicos. Os valores variam entre alguns a algumas centenas de dólares, dependendo da revista na qual o artigo foi publicado. Quanto maior o impacto, isto é, quanto mais um periódico tem seus artigos lidos, citados e discutidos por outros cientistas, maior é o valor para publica e para ler.

Falamos sobre a submissão de artigos científicos neste link.

Pois bem, com a pandemia da covid-19 assolando o mundo, algumas das principais editoras que publicam periódicos, especialmente na área de medicina e saúde, resolveram deixar seus artigos em acesso aberto. Durante alguns meses, não será necessário desembolsar um dinheirão para ler um ou mais artigos disponibilizados pelas editoras e qualquer pessoa poderá acessar os textos, mesmo sem acesso institucional ou login pelo Portal de Periódicos da Capes. Algumas delas:

Outras fontes de textos com acesso aberto devido a pandemia do novo coronavírus pode ser consultada neste endereço da Middle East Techincal University .

Com o acesso a essas informações, a disseminação do conhecimento científico torna-se mais rápida no ambiente acadêmico, além de ser menos custosa em termos financeiros. O acesso aberto ainda não é uma realidade na ciência mundial, mas os caminhos traçados nos últimos anos – incluindo a iniciativa Open Acess e o advento do Sci-Hub – tem mudado a realidade das pesquisas no mundo todo.

. . . . .

Shares

Mais do ccult.org

Raios-X, microscópios e um empurrão para as mudanças culturais

Quando o físico alemão Wilhelm Conrad Röntgen produziu acidentalmente um novo tipo de radiação capaz de penetrar tecidos moles e …

A Wikipédia como ferramenta de enculturação científica

Se você acompanha meus textos publicados aqui no ccult.org e em outros lugares deste vasto mundo chamado internet, já deve …

CCULT LIVROS #6 – Histórias Periódicas

A tabela periódica, junto dos átomos e dos tubos de ensaio, é um dos símbolos mais conhecidos da ciência. Possivelmente, …

Carl Sagan e o kit de detecção de mentiras

Carl Sagan é uma referência de pensamento e de escrita como poucos. Dotado de um didatismo formidável — comparável, talvez, …

O pitch drop e outras raridades da vida

Desde quando li “Paratii: entre dois polos” (Companhia das Letras, 1992, 264 páginas) tenho pensado em coisas que não se …

O americano outra vez!

Ainda ouvindo o eco das palavras de Richard Feynman sobre o ensino de ciências no Brasil. Confesso que me surpreendi …