Conheça o OER, um repositório aberto de recursos educacionais de todo o planeta

Nós já discutimos o conceito de ciência aberta por aqui. Basicamente, o movimento Open Science defende o acesso ilimitado e irrestrito aos resultados de pesquisas científicas, especialmente aquelas financiadas com recursos públicos. Agora, outro modelo começa a tomar corpo na educação mundial. Trata-se do Open Education, ou “educação aberta” em tradução livre. Neste modelo, recursos de aprendizagem, como aulas, sequências didáticas e materiais educacionais de diversas áreas do conhecimento são compartilhados abertamente, possibilitando o intercâmbio de ideias, concepções didáticas e novas formas de avaliar a aprendizagem e o trabalho docente. 

Mapa com todos os recursos educacionais disponíveis no OER World Map. Quanto mais forte o tom de verde, maior a quantidade de recursos. | Reprodução OER World Map.

No site da Fundação Open Educational Resources (OER, na sigla em inglês) – fundação mantida em associação com a The Open University e a William and Flora Hewlett Foundation – é possível pesquisar recursos educacionais por áreas ou disciplinas do conhecimento ou por país, em um mapa interativo que apresenta todos os recursos disponíveis do local escolhido.

Mapa com todos os recursos educacionais catalogados no OER World Map a partir do território brasileiro. | Reprodução OER World Map.

Existem quase 290 recursos educacionais disponibilizados por colaboradores do Brasil. No total, a plataforma oferece mais de cinco mil recursos educacionais abertos e gratuitos.

Outras plataformas de Educação Aberta

Outras plataformas além da OER World Map disponibilizam recursos educacionais abertos e gratuitos para seus usuários. No Brasil, o destaque fica para o Portal do Professor, mantido pelo Ministério da Educação. Nele é possível encontrar sequências didáticas de aulas expositivas, demonstrações experimentais e um fórum para troca de experiências didáticas entre professores de todo o país.

Além do Portal do Professor, outras plataformas merecem destaque:

  • Open Education Global, que reúne estudos sobre o tema, materiais didáticos e projetos relacionados ao Ensino Aberto. Em inglês (https://www.oeglobal.org), mas com uma versão para a américa latina (https://www.oelatam.org)
  • Banco Internacional de Objetos Educacionais, também mantido pelo Ministério da Educação e que disponibiliza para download animações, simuladores e outros materiais para o ensino.

. . . . . 

Para saber mais:

. . . . .

Que bom que você chegou até aqui! Agora, que tal nos ajudar a levar cada vez mais conteúdos sobre ciência e educação para cada vez mais pessoas? Além de compartilhar nossos conteúdos e de nos seguir no Facebook e no Twitter, você pode contribuir com o ccult.org com valores a partir de R$ 1. Acesse: apoia.se/ccult e contribua conosco!

 

Mais do ccult.org

Eletrostática contra a covid-19

Foi na Grécia Antiga que a ideia primordial de o que nos constituía ganhou seus primeiros moldes. Não é uma …

A Wikipédia como ferramenta de enculturação científica

Se você acompanha meus textos publicados aqui no ccult.org e em outros lugares deste vasto mundo chamado internet, já deve …

Por que confiar na ciência?

Eu ainda considero nosso tempo paradoxal. Vivemos rodeados de aplicações do conhecimento científico, dependemos dos avanços que ele propicia, nossas …

Aqui somos #TodosPelasVacinas

Habemus vaccinum (aprovadas para aplicação em território brasileiro)! Com a aprovação emergencial das vacinas contra a covid-19 pela Agência Nacional …

Como contribuir com a pesquisa científica mesmo se você não for cientista

Os dados da mais recente pesquisa de percepção pública da ciência e da tecnologia realizada no Brasil indicam que apenas …

Dicas de uso da realidade aumentada no ensino de ciências

É fato que a pandemia de COVID-19 forçou a entrada de inovações tecnológicas no ensino de ciências. A sala de …

Scroll Up